Do Criador

Quando ando por teus caminhos
teus parques, tuas praças
Tuas avenidas
por estas pessoas multi coloridas
Que formam este mosaico curioso
faz-me bem constatar
Que aqui, por estas mesmas calçadas
estas escadarias, passeios
Alguém com os mesmos anseios
tuas vias esteve a cruzar.

Quando em meio a este torvelinho
de cores, sons e cheiros
Ainda assim sinto-me sozinho
faz-me bem pensar
Que por estas mesmas alamedas
estes becos, estas veredas
Dividindo nossas angústias
aqui, por estas mesmas ruas
Um dia também passou
um poeta passarinho.

mario

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s