Na hora do almoço
Um operário sozinho
O que passará com este andarilho
Talvez anseie por companhia
Talvez ensaie uma revoada
Pobre passarinho..
Suspiro da minha gaiola envidraçada.

passarinho 2.....

Anúncios

Vitrine

Uns promovem o corpo
Outros a mente
Outros a índole
Tudo é vaidade
Neste carrossel insano
Somente minha loucura
acompanhada da solidão
Me tomam por companheira
E mesmo nós, rodamos cobertas
Por um falso manto de humildade.

Da Interpretação

Da interpretação:

Se pegares a dialética andando
Escapulindo “ela está puta”
Veja pela lógica poética:
pode tratar-se somente
de uma fúria mal contida
e bem sabemos que quando irosa
Uma mulher P da vida
Bate o pé, resoluta
fica louca de raivosa
Não tem Cristo que convença
Fica cega, surda e…puta.

Portanto, por recomendação:
Do contexto, o entendimento
Poupa-lhe em aborrecimento
E faz bem a dentição