Cartão ponto

Sentada à minha frente
Olhar meigo, sorriso inocente
Pernas desimpedidas
Sonhadoramente esquecidas
Ela sádica
Eu masoquista
Eu razão
Ela sentimento
Neste estranho ritual de conquista
o silêncio quebrado apenas
pelo som dos apontamentos
Aos finais olhava os ponteiros
Sedento pela semana
Febril pelo batente
No vai e vêm da tinteiro
Eu ditador
Ela obediente.
Eu rígido
Ela sacana.

beijapc3a9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s