Da Letargia

Nem alegre, nem triste, nem poeta
Apenas mais uma alma inquieta
um cão que chutado a um canto
entre suas próprias pulgas, busca o sarnento
pelas lembranças de um tempo
que a vida tinha um certo encanto
como eu própria busco nos escritos algum alento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s