Mise en abyme- Chá de Loucos

“Quer-me parecer que nunca falaste com o tempo”!
Em sua inocência
Ela não percebeu a ironia
Que o tempo é um coelho branco
Lembrando que nos resta tão pouco
E se ainda tardará
“É sempre hora do chá”
Já dizia
O chapeleiro louco.

images (1)

Mise en abyme- Anna Claudia Fernandes/ Out 2015
Chá de Loucos.