Poesia de domingos

As vezes me perguntam se acredito em Deus
sim…as vezes acredito
as vezes eu o vejo mesmo por aí
encarapitado no galho mais alto
alheio aos nossos barulhos
aos nossos clamores, aos nossos anseios
à dúvida que ainda teima em mim
devolve-me em gorjeios
como não acreditar em um cara assim?

P.s: olhe com os olhos teus
ademais
olhos de poeta não são confiáveis
devido ao cansaço por enxergar demais.

In: Poesia de domingos- Anna Claudia- Jun-2016

 13434688_1323328941030461_9084218068859218764_n
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s