Da brevidade…

 

Sonhara com o menor conto do mundo
Mas que fosse tão profundo
Como ninguém fora capaz
Não houvera tempo para tanto
E o conto que sequer começara
Terminara com aqui jaz.

Anúncios